BLOG DOS POETAS ALMADENSES

«A poesia é o espelho da cultura de cada país e nela se reflectem os estados de alma, anseios e aspirações... tudo o que diz respeito ao mais íntimo das pessoas, dos povos e da humanidade... que seja dita e cantada, que sirva para conectar para além do espaço das ideologias e dos sistemas, porque A POESIA É, FUNDAMENTALMENTE, UM ESPAÇO DE LIBERDADE.»

terça-feira, junho 28, 2011

A Poesia Vadia vai de férias! Voltamos em Setembro!

E como lembrança de férias, deixamo-vos um belo poema de Miguel Almeida, uma oferta aos Poetas Almadenses que nos deixou muito sensibilizados e que aqui queremos partilhar convosco:

Viagem à volta de mim

Numa procura de quem se busca, fiz de mim mesmo uma nau
E embarquei, na viagem.
Desfraldadas aos ventos, ofereci as velas ao Norte e ao Sul
Ao Este e ao Oeste, entreguei ao não sabido o meu eu.
Embarquei, naveguei e deixei-me ir.

Vi cidades onde estive, mas não gostei
Vivi nelas, paredes meias com a dor
Em rostos, que não quis conhecer
E de quem, na verdade
Quis fugir.

Caras tristes, com marcas tristes
Visíveis, como casas sem inquilinos.

Suspensão de mim a meu ser,
Distância (in) finita,
Quis perder-me, para me achar
Quis procurar-me, para me encontrar.

Perdido, vagueei em busca de mim
Mas no fim, nau fundeada
Num cais, com velas ancoradas
Já gastas, procurei viver esta viagem.




Miguel Almeida, Ser Como Tu, pág. 89.



Se quer saber mais sobre o autor e a sua obra, siga as ligações que a seguir vos deixamos:

Entrevista do Autor acerca do livro Ser Como Tu
Crítica Literária acerca do livro Ser Como Tu

2 Comments:

  • At 8:46 da manhã, Blogger António said…

    Sessão de poesia dita por António Bonifácio amanhã dia 7 de Julho às 22:30 no bar em Lisboa 'Inda a Noite é uma Criança' na Praça das Flores 8. Apareça e leve um amigo.

    António Bonifácio

     
  • At 3:12 da tarde, Blogger Nathy Costa said…

    http://paraneura.blogspot.com/, meu blog da uma olhada tb!
    o seu é muito bom

     

Enviar um comentário

<< Home